Home / Saúde / Em Atibaia, taxa de ocupação dos leitos de UTI é menor que na regional

Em Atibaia, taxa de ocupação dos leitos de UTI é menor que na regional

Taxa de ocupação de leitos de UTI em Atibaia é de 41%, já na região o índice é de 93%. Entenda a diferença e saiba como são calculadas

Com a pandemia de COVID-19, a ocupação dos leitos hospitalares se tornou uma preocupação não só das autoridades públicas, mas também passou a inquietar a população, que cada vez mais tem buscado esse tipo de informação. Em Atibaia, os dados oficiais de ocupação dos leitos em enfermaria e UTI divulgados pela Secretaria Municipal de Saúde são divididos em números regionais, relativos aos 11 municípios que compõem a região bragantina, mais os leitos nos 2 hospitais particulares da cidade e um contratado em Bragança Paulista pela Administração Municipal.

Atibaia dispõe de 26 leitos de UTI particulares e 5 contratados pela Prefeitura para atendimento no Hospital Bragantino. Os leitos contratados pela administração municipal atualmente não estão ocupados e na rede particular, 13 estão sendo utilizados, 11 por pacientes de Atibaia e 2 por pacientes de outras cidades, uma taxa de ocupação de 41%. Na Santa Casa, dos 4 leitos de enfermaria disponíveis, 2 estão ocupados e nos hospitais particulares, 22 dos 28 disponíveis estão sendo utilizados, o que representa uma ocupação de 75% da capacidade total de leitos de enfermaria do município.

No âmbito regional, Atibaia e mais 10 cidades que compõem a região bragantina – Bragança Paulista, Pinhalzinho, Tuiuti, Socorro, Nazaré, Piracaia, Perdões, Joanópolis, Pedra Bela e Vargem – são atendidas por 30 leitos de enfermaria e 33 de UTI disponíveis no Hospital Bragantino, Hospital Universitário São Francisco (HUSF) e Santa Casa de Bragança Paulista. A taxa de ocupação nos leitos de enfermaria, atualmente, é de 70%: são 4 leitos ocupados no Hospital Bragantino e 17 na Santa Casa de Bragança, sendo 3 pacientes de Atibaia.

Com relação aos leitos de UTI regionais, a taxa de ocupação é mais preocupante: do total de leitos oferecidos pelos 3 hospitais, 30 estão sendo utilizados, 93% da capacidade regional. No momento, 9 pacientes de Atibaia estão utilizando leitos regionais, 5 no Hospital Bragantino, 2 no HUSF e 2 na Santa Casa de Bragança. Esses dados se referem a data de hoje (23) e são atualizados pelos hospitais diariamente.

A disponibilidade de leitos hospitalares é, certamente, uma questão importante e a administração municipal está atenta a esse e outros indicadores no enfrentamento da pandemia, buscando sempre providenciar os recursos adequados para atender às necessidades dos munícipes. Desde o início, a Prefeitura tem atuado em diversas frentes de combate ao Coronavírus, mas é importante ressaltar que a eficácia de qualquer ação depende também da adesão da população às medidas de isolamento e distanciamento sociais e cumprimento dos protocolos de prevenção e segurança nos espaços públicos.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *