Home / Colunistas / CABELO MOLHADO E SEUS PERIGOS

CABELO MOLHADO E SEUS PERIGOS

Nesses dias mais quentes, a maioria tem adotado o hábito de lavar os cabelos no fim do dia ou ainda a noite, o que muitas vezes não dá tempo para que os fios e o couro cabeludo sequem completamente. Por conta disso, as pessoas acabam dormindo com o cabelo e couro cabeludo molhado. Isso é um péssimo hábito, não só para a saúde dos fios, como para sua saúde também. Mas quem não quer, depois de um dia estressante, tomar um belo banho e “lavar a alma”, não é mesmo? Porém precisamos pensar em nossa saúde primeiramente.
No dia seguinte, para algumas pessoas, dormir com o cabelo molhado não causa nada de anormal. Já para outras, acordam com dor de garganta, por exemplo. Nossa cabeça é extremamente vascularizada, portanto temos muitos vasos sanguíneos presentes nessa região. Quando lavamos o cabelo e em seguida deitamos, o travesseiro passa a ficar úmido e os cabelos e o couro cabeludo levam mais tempo para secar. Como a região da cabeça fica mais fria, o sangue que passa por ali “esfria”. Além disso, o pescoço também fica mais frio e isto diminui a defesa das amígdalas, dando oportunidade para que os microrganismos se multipliquem e causem alguns sintomas como, dor de garganta, coriza ou nariz entupido.
Como nenhum organismo é igual, algumas pessoas têm este mecanismo mais sensível do que outras. Por isso, é que umas podem dormir com a cabeça molhada e acordar bem, e outras adoecem.
E por falar em microrganismos, não podemos esquecer dos fungos, que adoram um ambiente quente, escuro e principalmente úmido para se proliferarem. Podendo causar uma simples caspa, coceira, descamação, queda dos fios e até uma infecção grave.
Caso realmente houver a necessidade de lavar o cabelo a noite, seque bem com o secador, para garantir que os fios e principalmente seu couro cabeludo fiquem completamente seco. Lembre-se de não usar uma temperatura muito quente, para não agredir seus fios. E sempre quando puder, opte por lavar pela manhã, assim será possível a secagem completa de forma natural e sadia.
O processo de secagem completa dos fios e do couro cabeludo, de forma natural, pode levar normalmente 24 horas, dependendo do comprimento, espessura, volume, textura e saúde dos fios. Outros fatores podem alterar este prazo, como o clima e até se os fios estavam soltos ou presos, por exemplo.
Qualquer alteração procure um dermatologista ou ainda, um especialista em tricologia.

Maria Júlia Sieburth CRBM 32331
Especialista em Biologia Molecular, Imagenologia com ênfase em Tomografia Computadorizada e Patologia Clínica
Pós-graduada em Docência do Ensino Superior
Docente dos cursos técnicos em Análises Clínicas, Estética, Química e Radiologia
mjsieburth@gmail.com

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *